quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Caipira Urbano...


O sol nasceu pra todos
Mas só alguns pegam chuva
O sem teto na esquina
E o telhado esburacado.

Prefiro meu franguinho
Que cantou três anos na minha janela
Do que o de dois dias
Que mal sabe falar português.

“Eu não como arroz dormido”
Pois eu prefiro o descansado
Porque já ta bem tratado
E combina com meu franguinho xadrez.

Um comentário: