Postagens

Bom mesmo é comer todo mundo

Imagem
Já conversávamos a algumas horas. O encontro dos amigos no bar tinha sido marcado fazia tempo e cada um falava de sua vida e família. Todos casados e alguns com filhos. Um a um foi dizendo sobre suas novidades. Eu os ouvia em meio a gargalhadas e goles de cerveja. Quando enfim chegou minha vez, também completei a brincadeira e contei sobre as últimas aventuras. - Mas tu não falou do seu “relacionamento aberto” seu picareta – disse um dos meus colegas já com um sorriso malandro acompanhado por um berro de todos os outros na mesa comemorando por mim – tu foi o único sortudo. Fala ai, como é poder comer todo mundo sem medo de apanhar em casa? Eu ri e respondi; - Não é bem assim. - Como não? Deve ser um paraíso – disse outro bebendo já puxando o resto do grupo – a quanto tempo está com ela? - Cinco anos. - Olha ai. Da pra ficar a vida toda assim. Quantas você já pegou? - Além dela, mais uma. O grito foi unanime; “O QUE?!”. - Você só pode estar louco. Tu só fudeu com uma até hoje? Pra que…

Invasão Alienígena (ou quase isso)

Imagem
- Desculpe, mas acredito que não entendemos. - Qual parte? - Basicamente, tudo. A sede da ONU estava um alvoroço desde que os seres de outro planeta chegaram com suas espaçonaves invadindo os céus. De início acreditava-se ser uma invasão, mas aos poucos os diálogos foram se alinhando e os motivos da visita foram ficando claros. Neste momento as maiores autoridades do mundo se reunião com os seres de outro planeta para falar sobre sua inesperada chegada. - Como assim tudo – disse uma das autoridades das Nações Unidas – mostramos perfeitamente como funciona nosso mundo. - Funciona? – questionou um dos visitantes. Eles realmente se pareciam com as fabulas; pés, mãos, olhos grandes e gestos limpos. Calmos e pacientes – em nosso planeta esta palavra tem um conceito diferente, acredito. - Então nos diga – disse um dos presidentes da América do Sul. - Nos perdoem por, talvez, sermos tão ignorantes diante de suas leis e princípios. Mas me corrija caso estejamos errados; o conceito de “funcio…

Ânimo, do latim, Alma

Imagem
A gente só cansa as vezes.
O sol acordou e a cama não nos larga. A noite foi mal dormida e a insônia é sempre a melhor companhia. Sair não é mais tão interessante e as discursões perderam seu brilho.
Desista-se dos sonhos, desejos, vontades e a única coisa que queremos é um lugar de silêncio pra tomar um chá.
A gente só cansa as vezes.
Cansamos do trabalho, das pessoas, da família, cansa-se da vida. Perde-se a tara pra sacanagem, pro álcool e outros prazeres. Cansamos de dar justificativas, de falar do amor, de rir das piadas e de tudo que antes era pulsão na nossa alma.
A gente só cansa.
E nem é mais tão sofrido, porque cansamos também do choro notívago, da auto crítica, de buscar soluções e das tristezas comuns. Cansamos de ficar cansados. Cansamos até de tentar morrer depois de tantos ensaios elucubrados.
A gente só cansa as vezes.
Cansamos de nós e da dura impossibilidade de poder descansar.
Cansamos de não poder ficar cansados. De estar sempre dispostos. Simplesmente cansamos.

Cinema, cafuné e um sexo selvagem. Porque o Amor me da ranço

Imagem
Um cigarro de maconha, uma mancha de vinho no braço do sofá e a televisão ligada na netflix. Ozark, série da vez. Assim eram suas noites já faziam algum tempo. Vez ou outra sempre tinha seus contatinhos prontos pra afagar seus desejos e bater um papo nos botecos das esquinas da Asa Sul em Brasília. Tinha até um em especial que era o que ela mais gostava. Mas ele se perdeu, “porque você veio com esse papo torto?” relembrou.      Haviam se conhecido num aplicativo e se encontrado no Pátio Brasil perto do que antes era a velha fonte, “não sei porque tiraram ela daqui”. Foi uma noite “xuxu beleza”, como ele mesmo havia dito enquanto comia o resto da comida do Panelinhas na sua frente. Ela riu, ele tinha sido muito simpático e engraçado.     Cinema, lanches, shows, bares, sexo e mais sexo foi dali em diante. Nasceram um para o outro. Dick e Jane, a dupla perfeita. Ela adorava seus papos. Astrologia, politica, filosofia, trabalho, teletumbies e até aquele desenho estranho com um menino e …

18/08/2017

Imagem
Hoje faz 24 meses.
A vida é estranhamente estranha.
Eu escrevi e apaguei várias ideias aqui pensando num texto legal pra dizer como esse muleke com cara de velho é especial. Desisti de todas.
Se você já encontrou esse ser, com certeza recebeu um sorriso seguido de um "Oi" simpático e amigo. Talvez ele tenha estendido os braços pra te abraçar sem te conhecer e um provável polegar levantado sinalizou um joinha expressivo.
Ele não é o mais adiantado da sua idade, não fala muito bem e tá longe de ser um prodígio. Mas eu já vi um corredor inteiro de um hospital pedir seus "tchaus" enquanto ele ia de um a um com seu sorriso faceiro alegrar algumas almas doentes. Já fez um elevador lotado de gente rir com suas gracinhas enquanto alguns de nós nem "bom dia" conseguimos dar.
Ele não é especial. Nem pior nem melhor.
Mas tem algo que sempre vejo nesse olhar remelento. Vejo a Felicidade. A pura e simples Felicidade. A real Felicidade. A crença que todos são bons e tudo vai…

Saudade

Imagem
A Saudade só existe na lembrança. Não se sente falta daquilo que não se lembra. Se acaso venha eu tentar definir Saudade, seria “sentimento desgraçado que aprisiona sentimentos passados”. Explico. É de conhecimento comum que entes queridos fazem falta. Um pai falecido fica pra sempre na lembrança de seus filhos ou esposa. Caso tenha sido execrável, apenas lembrança, caso contrário, Saudade. Lembra-se dos sorrisos, beijos, afagos, piadas e até dos improváveis defeitos como os arrotos a mesa ou os roncos na madrugada. Um amontoado de sentimentos se resumem quando a lembrança chega e desperta uma tristeza, a maldita Saudade. Aquela vontade de se querer ter o objeto amado, de desejar-se verdadeiramente, mas ser impossibilitado de tê-lo. A isso chamamos Saudade. Alguns dirão; “mas também se sente saudade de coisas vivas e distantes”. A esses digo: Concordo! Outro motivo pela qual esse maldito sentimento deve ser jogado nas profundezas do oceano. Qual a função de se querer aquilo que não s…

Realidade

Imagem