domingo, 5 de abril de 2009

The Continued a Mesma Merd - Charles Sophie


Indigna-me acordar de manha e assistir aos jornais. Não estou falando das atrocidades ou novelas sem sentido ou fim, estou falando de outra coisa. Creio que você que vê o que escrevo, já passou pela mesma situação.

Nos últimos dias, tenho visto o índice de crueldades aumentar relativamente. Junto com elas, vejo também a quantidade de críticos que caem matando em busca de uma brecha para demonstrar seu ponto de vista. Não críticos concursados de palitó e gravata que se apresentam na mídia, digo dos críticos mais próximos. Ouço todos os dias pessoas criticando o sistema que causa a fome, a guerra, o desemprego etc, porem essas mesmas pessoas se refugiam atrás de suas mascaras pérfidas dizendo que sentem muito quando na verdade não estão afim de mover um dedo sequer. Não estou de maneira nenhuma atacando o livre arbítrio de falar, porem, aquieto-me ao ver tanta ignorância.

A desumanidade humana se tornou tão normal que vivemos como seres. Falar como é horrível o mundo, parece dar um alivio no peito, assim não preciso fazer mais nada, apenas falar meu ponto de vista.

NUNCA vão ter coragem para saírem de suas gaiolas, mas e daí?! O que importa, é que falem.