Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2008

Pensamento sobre pensar...

Imagem
O segredo para se ter um péssimo e infantil pensamento é querer pensar.
O mais gostoso e mais profundo pensar sai sem querer, é construído na mente sem interferência de informações ou formulas.
É igual quando se peida sem querer ao abrir as pernas de mais, igual um espirro, igual um ponto no papel que da numa bela poesia.
Quer pensar bem? Não tente pensar. Deixe acontecer, e quando ele vier e começar com suas traquinagens, sente e observe ate aonde vai. Impressionante!
A liberdade real só acontece no pensamento. Não há limites, obrigações ou leis sobre o que se deve fazer. Se existe um momento em que somos livres, é quando nos deleitamos nas palavras soltas do pensamento. Pense o que quiser, invente, minta, conte verdades, exponha-se o maximo que puder.
Só não se acomode com o que vem, esteja sempre construindo no seu mundo.
Se você parar para pensar, verá que o pensamento é algo no que se deve pensar.
Imagem
Pior do que amar e não ser correspondido
É ter amor de mais e não retribuir o pedido.
É como tomar chuva gripado,
Comer com a boca dormente,
É como roubar sem ser roubado
Ou pedir saúde pra doente.

Se me amas esqueça-me logo.
Pior do que dois solitários
Só um eterno apaixonado.

Caipira Urbano...

Imagem
O sol nasceu pra todos
Mas só alguns pegam chuva
O sem teto na esquina
E o telhado esburacado.

Prefiro meu franguinho
Que cantou três anos na minha janela
Do que o de dois dias
Que mal sabe falar português.

“Eu não como arroz dormido”
Pois eu prefiro o descansado
Porque já ta bem tratado
E combina com meu franguinho xadrez.

O ponto perfeito profundo...

O ponto perfeito profundo
É feito farofa fincada,
No mato moribundo
Da ponte feia e marvada.

Frase, mentiras...

As pessoas se apegam às mentiras,
Não porque gostam ou porque são burras,
Mas sim porque estão desesperadas
Atrás de verdades.

O Pinto do meu Vô...

Eu queria ter o Pinto do meu Vô
Ele era conhecido na sua terra por causa disso.
Quando crescer quero ter o Pinto,
No lugar do “da Silva”, sem graça e liso.

Do Blog do B. Figueiredo, pego de Caio Fabio

A pessoa “politicamente correta” é aquela que aprendeu e pratica a moral da civilização pós-moderna.

Ser “politicamente correto” é ser diplomático sempre. É não enfrentar nada, sempre em nome da boa educação — mas que pára o fluxo da sinceridade em amor.

Ser “politicamente correto” é seguir o fluxo civilizatório como dogma religioso. É ser contra falar qualquer coisa sobre qualquer tema controvertido. Têm suas opiniões, mas em público nada dizem sobre nada. Quando o tema é política, votam, mas jamais dizem o que pensam. E quando o tema é a fé, rebelam-se apenas contra os fanáticos estereotipados, mas não são capazes de dizer ao Dalai Lama o que pensam sobre Jesus, pois, para eles, seria deselegante.

A pessoa “politicamente correta” é mestre em comer galinha enquanto desmaia se vir cortarem-lhe a cabeça para preparar a panelada. Comem carne de animal, desde que não vejam a “maldade” da morte dele.

Assim, são grandes estetas. Vivem de aparências e de elegâncias. Controlam tudo o que dizem a…

Eu to com sono...

Eu to com sono, não to afim de escrever hoje
Não quero falar de amor, de tragédia, de vermes.
Não quero escrever sobre meu pensar, sobre os outros,
Sobre a vida e algo mais.
Eu to com sono e o sono é a morte do pensamento.
Quem pensa com sono? Eu! Penso na minha cama.
Não me importa as rimas, as belezas, as profundidades,
As mulheres, as amantes e decepções.
Porque eu to com sono!
Vai dizer que nunca sentiu sono?!
Se você já conseguiu escrever ou pensar enquanto
Estava com sono, parabéns, você é um completo idiota!
Porque não foi dormir ora pois?!

Temo dizer que ja amei...

Imagem
Temo dizer que já amei. Porque?
Não sei dizer!
Não sei se já senti as borboletas, se consegui
Ver a musica pairando no ar, se já abracei o vento.
Não sei dizer!
Não sei se já fui torturado pelo dito amor,
Ou se o traquina já me pregou uma peça.
Temo dizer!
Não quero ser como tantos outros surrealistas amantes
Aprisionados a beleza da quimera do amor.
Ide, caminhai e dizei;
O amor, eu nunca amei.

Me faça um favor...

Imagem
Por favor,
Se você conhecer uma garota que;
Assista Os Simpson chorando de rir
E logo após mude para o National Geographic,
De meu telefone para ela.
Se ela, em vez de ficar fissurada por Atrevida ou
Obcecada pelas revistas de horóscopo,
Tiver uma certa queda por Oscar Wide,
Alexandre Dumas, Odeth, literatura Russa
E as piadas da Reads Digesth,
De meu endereço a ela.
Se ela sempre sair arrumadinha, com um estilo
Pessoal e belo, e que ao bater na porta,
Em um dia qualquer, ela esteja despenteada,
Bagunçada e gritando ouvindo musica,
De meu nome a ela.
Se ela tem um dom enorme para oratória,
Se conta piada em velório e tem uma voz
Singular, amarre-a e arraste ela ate min.
A safada correu dos meus sonhos e fiquei a procurar.
Espero atenciosamente.
Por favor, me ajude a ela encontrar.

Coisa nenhuma...

Imagem
Lento sentimento retardado
Único e confuso. Contraposto
De tudo que se conhece,
Mais apaixonado que o cupido.

Inteiramente meio termo
Ligado ao inteiro sem tudo,
Longe de ser bem conhecido,
Adormece agora, amor perdido.
É cedo e tarde! Fique então comigo.

O que mais odeio nessa vida...

Imagem
O que mais odeio nessa vida
Não é o terror, a guerra, a fome,
Não é o desamor dado por iguais.
Muito menos as chuvas em dias de festa.

O que mais odeio nessa vida
Ultrapassa as chatices das aulas de aritmética
Do vento que bagunça o cabelo
E ate dos curtos fins de semana.

O que mais odeio nessa vida
Não se limita a pisar em merda
Ou pegar ônibus lotado na parada.

O que mais odeio nessa vida
É viver caminhando só,Enquanto te amo tanto.

Arvore de Outono...

Imagem
Minh’alma esta triste, assim como as arvores que
Continuam a chorar após o temporal,
Chora também meu coração neste instante.
Chora de ataque cardíaco, dor profunda e com
Fim.
Fim
Trágico. Morte, no mínimo morte, coma eterno e fora
Do tempo. Sinto um perfume doce no ar, póstumo
Cheiro das flores ao meu redor. Pútrido.
Nas ruas, quando saio, acompanha-me uma pessoa,
Nunca a vi. Sinto sua presença juntinha de min, presença
Cadavérica. Assombra-me com terror, meu caro amigo e companheiro.
Minh’alma triste e cansada lamenta pelos cotovelos.
Roubaram o sol da minha janela. Mitigaram a bonança e
Arrebentaram as correntes da tragédia. Esta livre.
Um pombo cagou na minha sorte!
Chove em meu corpo e pinga em minha alma
Alma que chora com pingos de tristeza e que
Chorara após a tragédia. Triste alma.
Minh’alma esta triste, assim como as arvoresApós o temporal.

Intervalo rapido....

O motivo de muitos não terminarem namoros é
A carência. O ter o que não quer ter,
Não podendo ficar sem ter
O que se tem sem querer.


....................................................................................


São tantas mulheres, parece sem fim.
Saem da minha cabeça e se materializam em meu olhar
São tantas mulheres ao redor de min,Juntando todas elas, teria eu, a Mulher perfeita para se amar.

Todos querem o Bruno...

Imagem
O seu corpo saradão, bombado e gostosão
É motivo de inveja de todos ao redor.
Não é bom andar sozinho, tem que ter guarda-beleza.
Se não for sair comigo, não vai nem fazer a reza.

O mundo é perigoso, eu só guardo porque amo,
Não sufoco ele não, só não confio nas mulheres.
Elas vêm assim quietinhas, inocentes e belinhas,
Mete a mão no que é nosso e quando vê já to sozinha.

Não sai mais não, só se for bem do meu lado.
Não quero te ver na pizzaria, festa, academia,
Reunião, escola, serviço, trabalho, boteco, cerveja,
Velório, carnaval, natal e muito menos na igreja.

Ciumento é o universo que guarda todo seu mistério
E não revela a mais ninguém.

Eu te amo alem do serio,
Pois se tenho medo de algo esse algo é não te ter.
Compreenda-me um pouco, se não for bem to teu lado,
Asseguro-te amor, é melhor eu não viver!

Amor 3D...

Imagem
-Queria prever seus passos
-Não, não queria
-Porque não?
-Seria chato, maçante. Qual a graça, a empolgação de se aproveitar a surpresa da vida se ela não é mais surpresa?
-Ora, muita graça. Saber seus desejos e poder supri-los. Saber seus perigos e poder protegê-la. Conhecer suas decisões e poder ajudar.
-Não.
-Não o que?
-Não seria bom!
-Como não!?
-Tu iria me amar?
-Muito mais!
-E porque me amas?
-Por que tu me surpreende!
-Então não iria mais me amar!
-Iria sim. Pois estaria te amando em dobro. Tanto pelo futuro visto, como pelo presente vivido!
-Não!
-Não o que?
-O amor é bom, vivido uma vez, para que depois haja aquele arrependimento de não ter amado tanto o quanto devia. Duas vezes fica chato.
-Claro que não! Chato é não ter a oportunidade de dar muito amor. Nunca vi reclamarem de amor em excesso, só da falta dele.
-E a oportunidade?
-Que oportunidade?
-A oportunidade de aproveitar o único momento, único lugar, o único beijo, as únicas juras. A oportunidade é o bem mais precioso do amor. Com ela qua…

Deus, a simples comprexidade...

Imagem
Aprendamos então há ver Deus nas coisas simples da vida, mas não achá-lO simples ao ponto de considerá-lO como tantas outras coisas passageiras e limitadas que observamos nos nossos dias. Ele é simples sim, porem na sua maneira de se mostrar a todos nós, em sua maneira de cativar cada pensamento nosso, que nos faz dar um prazer e um sentido maior a vida. Essa simplicidade divina nos dar força todos os dias, ensinando-nos a perseverar e a ver que por mais complicado que seja, há um Deus que simplifica. Veja Deus em uma flor a desabrochar, seu esplendor, sua simples complexidade que se mostra com uma beleza maravilhosa, mas não ache que Deus é a bela flor. Infelizmente a linda flor muxa, seca, é limitada e mostra uma vida e uma auto suficiência passageira. Deus não. Deus é belo, alcançável e singelo como uma flor, porem não é tão pouco como um desabrochar de primavera, Ele ultrapassa esses limites. Ver Deus nas coisas simples, não é necessariamente, dizer que Ele é simples, mas que Ele …

Ate o infinito...

Até o infinito depois e mais um pouco. Não vou me tornar escravo pelas próprias mãos, enquanto puder serei o que me faz bem amarei as artes, estrelas, bichos e o mar. Não sou retrato da moral e dos bons costumes, nem muito menos imagem semelhança da nata social brasiliense que, geralmente, tem como meta em suas vidas uma “ascensão” envolta ao capitalismo, pois querem servir de exemplo a qualquer custo, mostrar que conseguiram subir ao topo, mas topo de que me pergunto?(pessoas ilusionistas). De onde vem tantos ideais egoístas? Isto me lembra um ditado: “ações pequenas para pessoas pequenas”. Pequenas sim, porque almejam uma grandeza que os tornam minúsculas, esquecidas e submissas.Eu agradeço muito por ter amigos exemplares, aqueles que, de noite, invadiam prédios inacabados em busca de uma visão estelar que fosse capaz de tocar na alma, nos lançando para longe da sociedade “pequena”. Agradeço por ter rolado nos gramados sujos junto a eles enquanto nós lembrávamos que éramos os verdad…

Dedicatoria...

Imagem
Dedico minha poética aos vermes,
Os mesmos de Augustos e de Brás,
Grandes valorizadores da razão e verdade.
Dedico ao amor dos apaixonados, enamorados
Dos alucinados retardados que caem de peito
Na cicatriz aberta dos amantes.
Dedico a guerra, ao sangue azul
Das botina engravatadas e disfarçadas
De cadeiras frescas com o ar condicionado
Aos filósofos falsos e suas falácias
Dedico a Hemorróidas, a Solitária, as tênias e tudo mais
Ao velho e jovem da rodoviária, que ontem
Comeram seus bocados de vomito de milho e pastel.
Dedico minha poética aos porcos, insanos.
Dedico ao soldado cruel de guerra, ao pai pederasta,
Ao diabo enxofrado de óleo de mirra.
Dedico meu poema ao ódio, o mesmo latente
No peito meu, no Seu.
Ao corpo esquartejado, as borboletas coloridas,
Aos passarinhos e ao sol vermelho, vermelho de poluição,
De sangue.
Dedico a lua dos amantes, dos estrupadores.
Dedico minha poética lúdica e com cheiro de esterco,
O mesmo de Augusto e de Brás,
A você! Somente a você dedico todaA verdade.

O tempo nao existe...

Imagem
O tempo não existe, invento ele a cada minuto
Conto os segundo para terminar a hora
Mas o tempo pouco, do nada, vira muito.
Passo o dia no sol quente, trabalhando sem parar
O tempo que é sempre latente
Nesses dias não quer andar.
Agora me pare numa praia boa, com sol forte e brisa leve
Aposto que o dia passa rápido
Que é perigoso de verão ir para neve.
Joguei meu relógio fora, não agüento ficar preso.
Num instante estou agora, e no outro já padeço.
Essa hora egoísta, que só anda se quiser
Não quero viver contando o tempoQue só passa quando quer.

Espero a morte todos os dias...

Espero a morte todos os dias
Ela bate em minha janela para entrar
Os galhos balançam com o vento lá fora
Minha vida toda já foi, há de passar.
Um perfume fúnebre enche todo o quarto
Não há mais nada que possa fazer
Meus sonhos hipócritas e egoístas
Para próxima geração ira pertencer
Só queria me despedir de Amanda
Aquela que deu meu endereço a escuridão
Foi por causa dela que estou morrendoÉ por causa dela que morro de ilusão.

Anah Lorenza...

Flor de outono
Estrela da noite.
Pedaço de gente
Pequena e luzente.

Na viela ouço o grito
Da mãe alvoroçada,
Que na noite madrugada
Cospe a filha aliviada.

Coisinha pouca-sombra
Já nasceu com o ôi aberto.
E se tu ver bem de bem perto
Vai concordar com o que eu falo,

Que esse toquinho um dia cresce,
Não precisa se apressar.
Hoje agora ta mei mole
Mas amanha já vai bailar.

Quem diria que um dia
De um Goiás e uma Brasília,
Ia sair uma estrelinha
Que já veio pra ficar.

Deus do céu um dia disse:
Ana Lorenza venha cá,
Desce logo naquela terra,E faz aquele povo delirar.


A minha priminha sem vergonha

Pois...

Se não me amas é porque não queres
Pois o meu amor,
Sempre por ti se fere.


Me deixe te amar por um segundo,
Pois neste pequeno tempo
Eu crio todo meu mundo.

Há cinco coisas das quais não vivo;
De nenhumas delas eu me lembro.
Pois viver sem estar contigo,
É aos poucos viver morrendo.

Simples;
Eu te amo,
Pois há muito tempoQue te amo.

Sonhei que sempre te encontrava...

Sonhei que sempre te encontrava
Na terra na lua ou no mar
Sonhei que contigo sempre estava
Na tristeza ou num belo olhar
Sonhei que nunca ia acordar
Pensei que sempre ia me amar
Mas tudo só passou de sonhoSonhei que amei, foi só sonhar.

Todo mundo é assim...

Todo padre é pedófilo
Todo pastor é ladrão
Todo preto é bandido
Todo branco é preconceituoso
Todo gordo é preguiçoso
Todo político é corrupto
Todo rock é do diabo
Toda mulher bonita é burra
Toda mulher feia é inteligente
Todo moleque é esperto
Toda feminista é lésbica
Todo o mundo é ruim
Todo religioso é alienado
Todo “largado” não toma banho
Todo rico é triste
Todo dinheiro é inútil
Toda leitura é boa
Toda água é incolor
Todo céu é azul
Todo conto é de fadas
Tudo é no geral.
Todo mundo é juiz
Todo mundo é certinho.
Todo mundo tem medoDo próprio mundinho.

Quando Entendi...

Imagem
Quando pai entendi porque meus pais brigavam tanto comigo
Quando motorista entendi porque as buzinas sempre soavam com coisas
Que julgava, eu, tão bobas.
Quando rico entendi a miséria do pobre
Quando desesperado entendi a necessidade do religioso em buscar a Deus,
O mesmo que outrora eu desprezava
Quando triste entendi a necessidade do amigo que sempre forçava
Amizade quando eu menos queria, com piadas e prosas
Quando Sol, entendi o prazer de pisar em poças d’água indo pro serviço
Quando magoado por palavras duras, entendi porque ninguém me entendia
Nos meus dias maus em que não queria conversar
Quando adulto entendi a graça de ser menino
Quando apaixonado entendi as baboseiras que outros falavam pra min
Em situações de amor e paixão, contos maçantes de amor que pareciam não ter fim
Quando filosofo entendi minha ignorância que tanto defendia
Quando desprezado entendi o valor de dar ouvidos
A todos meus colegas e amigos
Quando pobre entendi porque o valor da beleza e vaidade não são tão
Importantes quan…