quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Telefonema...

Meu telefone tocou
Será que é ela?
Acho que não devo atender
O que vou dizer?
Não! espere.
E se ela quiser namorar?
Aposto que quer
Ou não quer?
Não. Não quer, sou estranho.
Disse umas coisas românticas
Mas não eram tanto assim.
Deve estar ligando
Para dizer que não vai dar
Pena.
Amava tanto ela.
Não.
Não vou atender.
Não vou agüentar esse fim solitário
Da próxima vez serei menos eu
Assim estará mais garantido
Sim. É o fim da minha busca.
Deixe tocar!
Ela não me quer
Sou muito pouco. Adeus.
A porta fecha.
Secretaria eletrônica:
Alo, esta ai?
Aloo! Tem alguém ai?
Liguei só para dizer que
Tudo que me disse antes
Foi ridículo.
Me senti oprimida
Com tanto amor que me mostrou.
Por isso acho que não.
Não vai dar para viver
Sem esse seu enorme amor
Dentro do meu coração.
Desculpe.
Tu. Tu. Tu. Tu. Tu. Tu...

2 comentários:

Gabriela disse...

Queria tanto nao precisar de vc
Queria ainda mais nao ser tua refem
Queria te amar so um pouco menos
Poder amar outro alguem
Meu amor e bem grande
Vou dividi-lo com quem nao tem
To cansada de sofrer so
Quero esse "mal" pra vc tambem

johnkbca disse...

essa foi boa...