quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O velho e o fumo...

Mascava o fumo bem tranqüilo
Olhando a rua lá no fim
Sem camisa e já velho
Ele já não era tanto assim

Deu uma cuspida de fumo no chão.
Tantas coisas já veio saber.
O que será que olha o velho?
Acho que tudo que não podemos ver.

Um comentário:

Gabriela disse...

Vivi pouco mas intensamente
Nao sei muito mas o suficiente
Nao vejo o fim do tunel mas nada impede que eu tente
Cometo erros terriveis pra nao comete-los novamente
Quero colher bons frutos e ja plantei a semente
Ainda nao sou velha tambem nao inexperiente