segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Ela me largou...


Eu conheci uma garota. Ela me largou.
Me largou por que, segundo ela,
Eu não entendia nada.
Não entendia que quando ela dizia que não queria falar
Era na verdade um pedido pra continuar insistindo.
Não conhecia o seu olhar de carência
Quando ela me dava um belo de um sermão
Por ter feito alguma coisa errada.
Não entendia que quando ela pedia minha opinião
Para alguma roupa, ela queria mesmo era uma critica
E depois uma sugestão horrível para que ela
Procurasse uma roupa não tão ruim e se sentisse bem.
Não entendia que o “saia da minha vista”
Era um “nunca me largue”.
Não entendia que o beijo negado era um pedido
De caricia no rosto ou um beijo na testa.
Não entendia que as birras eram uma maneira
De chamar minha atenção para ter-me mais perto.
Não entendia que o beijo atrás de minha orelha que ela dava
Eram na verdade palavras; “Te Amo”.
Não entendia que ela não queria sempre um elogio
Pela sua boa aparência ou seus feitos, mas na maioria das vezes
Uma critica pesada e verdadeira.
Ela me largou, eu a perdi.
Ela me largou porque não me queria,
Ou será que não entendi?

Um comentário:

Gabi Oliveira disse...

Eu conheci um garoto. Ele me ganhou. Me ganhou porque, segundo meu coração ele era a imperfeição que sempre procurei.
Não compreendia que esse amor é algo impossivel de acontecer. Que suas caricias na verdade eram de amigo e nada mais.
Não entendia que aquele filosofo assim como os demais não foi criado para experimentar amores.
Não entendia que ele não queria minha opiniao.
Não percebia que o medo de minhas investidas era uma junção de medo de se envolver com vontade de correr dessa inconveniente que fui. Não via que homens não compreendem esse jogo do contrario que as mulheres fazem sem perceber.
Eu tbm não sei como provar a ele que meu amor não vai sumir assim tao facil. Mesmo que eu queira que ocorra um lapso de meus sentimentos e eu o esqueça isso é mais forte que me querer. Eu nunca quis seu elogio a minhas caracteristicas inventadas, meus rompantes ou minha aparencia. so queria que me amasse um pouquinho que fosse. Vc me ganhou e eu nunca o esqueci.