sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Olá... (Texto lido na abertura do Congresso da MID)

Ola, sejam bem vindos ao lugar da verdade. Que verdade$ Ora, ora, ora meus caros. Não se escondam atrás de vocês mesmos. Mas isso ainda não vem ao caso, primeiramente devo apresenta-lhes a ocasião.

Em séculos de historia, o ser humano tem corrido atrás de sua individual felicidade. Atrás de um Deus. Hoje, em especial, não venho falar da grande massa, mas sim de alguém em especial, alguém extremamente singular na gigantesca bola infinita chamada universo. Venho falar de você.

Acomode-se em seu acento para me ouvir por um instante.

A muito tempo criou Deus o céu e a terra. A muito tempo criou Deus o homem. A muito tempo o homem ignorou Deus. A muito tempo Deus buscou falar intimamente com sua criação. Por muito tempo o homem ignorou essa busca. A muito tempo... Deus calou-se. Ouça, a melhor parte da historia. Anos depois nasceu um menino... chute seu nome se ao menos isso voce souber! Jesus. Esse era o pior da laia dos que vieram antes dEle. Pregava sobre o mesmo Deus de todos os outros loucos que o antecederam, porem tinha algo em especial neste que atraia cada dia mais pessoas para suas reuniões publicas que não tinham hora nem lugar. Fantástico. Me lembro como se hoje ainda fosse, de suas palavras. De começo eram simplesmente belas, cômodas, gostosas, esperançosas, traziam um sentimento que já estava adormecido a muitos anos, o Amor de Deus. Lembro-me daquele cego desesperado que gritava seu nome na beira do caminho que atrapalhou nosso dia. Lembro-me daquela mulher, aquela maldita meretriz traga por aqueles hipócritas, e Ele, que com uma frase tão simples e verdadeira fez tantas pedras caírem no chão que davam para fortificar muros de julgamentos humanos. Como me acalento nessas imagens. Como ele era doce. Duvida% Pergunte ao garoto dos peixes e dos Paes, pergunte ao ressuscitado lazaro, pergunte ao infeliz coxo da piscina, (risadinhas) pergunte a garota do perfume, pergunte aos seus fieis discípulos, pergunte aos doentes, aos fracos, aos infelizes, aos sem esperança... pergunte ao mundo!

(suspiro) infelizmente em planos tortos, tudo que é reto esta errado. Lembro-me, com vergonha, de que fiquei ao longe vendo aquele pobre coitado arrastar aquela maldita cruz por todo aquele caminho. Ei (desespero), não era dele, não era pra ele, do alto onde eu estava ficava me perguntando “porque ele não larga&” ele pode. Ele pode tudo. Mas não. Tinha um motivo. Pregado naquela cruz, olhando para suas ultimas ações, vi toda a verdade.

Agora meu caro colega, entra você. Jesus, em sua caminhada, sempre mostrou um caminho, uma verdade, uma vida, uma cruz, a dEle! Nunca citou outro reino, outra vida, outra esperança. Tudo se findava nele e por Ele. “Quem quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome tua cruz e siga-me”. Uma simples ordem. Porem, você, mesmo que ainda não saiba, tem pegado uma cruz errada da dEle.

Tem carregado a cruz do castigo, a mesma cruz da religião que escravisa e oprime. Tem tomado uma cruz “gospel”, de festinhas e oba obas. Tem se sucumbido de uma cruz de retribuição que acha que Deus é obrigado a te abençoar só por que você lê algumas paginas de sua palavra. Você tem vivido uma Cruz de prosperidade, de auto-ajuda, de peso na consciência. Você meu caro, tem tomado todas as cruzes possíveis a para se tomar no mundo. Tem achado que sua cruz é a certa e tem ignorado qualquer tentativa exterior de transformação.

Tenho uma coisa a te falar meu jovem; você não veio para um congresso de merda. Não ache que sua vida de pecados vai continuar, não pense que sua falsa cruz ainda vai continuar. Largue sua ignorância cristã e viva um novo dia, tire a venda de seus olhos e aceite a verdade nua e crua de que provavelmente você tem carregado a cruz errada. Não cogite a possibilidade de sair daqui hoje sem ao menos descobrir...QUAL É A SUA CRUZ!

Nenhum comentário: