segunda-feira, 22 de junho de 2009

Vinte e Um do Seis de Oitenta e Nove...


Absorvo-me cada vez mais nas minhas incertezas.
Cada ano que vem
Atravessa a minha alma de dor.
Ontem passeei no Jardim
Porem,
Era mais um execravel momento
Vozes...
Que foi aquilo?!
Deixe-me aqui no meu leito
Quero esperar a Cadente e faze-lhe um pedido
Nao me incomode, nao pertube
A qualquer momento ela vem.

Nenhum comentário: